Tempestade CampoExistem muitos casos sobre acidentes em tempestades, alguns deles fatais. Os raios são realmente perigosos e, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), causaram a morte de 1321 pessoas no Brasil entre os anos 2000 e 2010. O país é o campeão mundial de descargas elétricas e esse número vem aumentando com os anos, recebendo cerca de 50 milhões de raios por ano.

As chances de ser atingido por um raio é de 1 em 1 milhão, mas a maioria das pessoas morre em decorrência dos problemas gerados pelo raio. Pois podem levar a problemas no coração, no sistema nervoso, nos pulmões e queimaduras no corpo. A corrente que passa pelo corpo humano varia de 30 mil a 40 mil amperes se a pessoa for atingida diretamente, mas isso é algo raro.

Saiba o que fazer para se proteger caso se encontre em meio a uma tempestade de raios:

  • Evite locais abertos e descampados. De preferência abrigue-se em edificações protegidas por para-raios.
  • Se estiver acampando, NÃO fique dentro de barracas. Procure abrigo em vales, desfiladeiros e depressões no solo. As hastes da barraca atraem os raios.
  • Evite árvores isoladas, postes e mastros.
  • Não fique perto de cercas de arame, varais metálicos, linhas de transmissão e trilhos de trem.
  • Saia imediatamente de piscinas, lagos, lagoas e praias.
  • Não fique em topos de morro e elevações.
  • Evite descampados e campos de futebol.
  • Os melhores locais para se proteger são: casas, edifícios, cavernas, galpões de estrutura metálica e carros não conversíveis. Atenção: Não saia de carros e galpões imediatamente após a tempestade, pois o solo pode estar energizado e você levará uma descarga elétrica.
  • NUNCA deite no chão, pois é nele que caem as descargas elétricas.
  • Caso não encontre abrigo, fique na seguinte posição: ajoelhado, com o corpo curvado para a frente, as mãos nos joelhos e a cabeça entre eles. Essa postura imita o formato de uma esfera, não deixando seu corpo funcionar como uma ponta, que atrai raios.

Se você estiver ao ar livre durante uma tempestade e sentir seus pelos arrepiarem ou sua pele coçar, este é um sinal de que um raio está para cair na região. Se não houver um abrigo próximo assuma a posição de esfera descrita acima e NUNCA deite no chão.

Durante as tempestades com raios, deve-se evitar:

  • Ficar próximo às janelas;
  • Evite o telefone fixo a não ser que ele seja sem fio;
  • Ligar aparelhos e motores elétricos;
  • Tomar banho;
  • Nadar;
  • Andar a cavalo ou praticar esportes;
  • Se estiver ao ar livre NÃO segure objetos metálicos longos como varas de pesca, tacos de golfe e tripés.

Essas recomendações levam em consideração princípios físicos que determinam os materiais que conduzem bem a energia elétrica e também o princípio do poder das pontas. Segundo ele, é nas pontas de um corpo que a energia é descarregada. Isso ocorre porque são regiões muito curvas e, como a eletricidade se acumula mais nessas áreas, um corpo eletrizado dotado de pontas acumula nelas sua energia.

Tipos de Acidentes com Raios

  • Direta: A pessoa é atingida pela cabeça, o raio atinge seu corpo internamente e sai pelo solo.
  • Por Contato: Quando a pessoa é atingida através de um objeto que está em contato com ela como chaves, tacos e varas.
  • Por Espalhamento: O raio atinge um determinado objeto que afeta a outra pessoa como nos casos em que o raio cai sobre a árvore.
  • Em Onda: Quando o raio atinge o chão e se propaga em círculos.

Aparelhos Elétricos: Os para-raios não protegem os equipamentos elétricos das descargas geradas por um raio.